Você sabe os tipos de recuperação de crédito?

A primeira maneira é a recuperação de crédito via extrajudicial, também conhecida como maneira amigável. Pois, é o método mais rápido e menos burocrático. Deste modo, o contato é direto com o cliente através de telefonemas, e-mails e mensagens, oferecendo descontos, parcelamentos outros meios para que a dívida seja quitada.

Já a segunda maneira, é denominada como cobrança judicial. Ela acontece quando a recuperação de crédito via extrajudicial não teve êxito e advogados especializados irão trabalhar afim de resolver a inadimplência da empresa. O judiciário irá enviar cartas de citação aos devedores e assim sendo, o nome do consumidor logo é colocado nas listas dos órgãos de proteção ao crédito como por exemplo SERASA. Por esse motivo, a recuperação de crédito via cobrança judicial é considerada mais desgastante, gerando desvantagens não só para a empresa, mas também ao consumidor que além de poder ter seus bens confiscados para o pagamento da dívida, perde seu poder de compra.